Ir para site do PS/Açores
ApresenataçãoBruxelasDavidMelgueiro

O eurodeputado Ricardo Serrão Santos participou, esta quinta-feira, na embaixada de Portugal em Bruxelas, na apresentação do projeto da Associação David Melgueiro: expedição “Marborealis”. Uma expedição cientifica que consiste numa viagem de circum-navegação Ártica através da passagem do Nordeste (pelo norte da Sibéria até ao Estreito de Bering-Ainan) e do Noroeste (pela costa do Alasca e norte do Canadá), acrescida por uma navegação até aos portos do Japão, da China e da Coreia do Sul.

O projeto coordenado pelo Capitão da Marinha Mercante e de Pesca, José Mesquita, que mereceu o apoio institucional da Assembleia Regional dos Açores, pretende contribuir para que os cientistas possam melhor conhecer e avaliar o impacto ambiental provocado pelo aquecimento global nos ecossistemas regionais Árticos e Atlânticos.

Na sua intervenção, Ricardo Serrão Santos, afirmou que “Portugal dispõe de cientistas polares e um programa de investigação para as regiões mais frias do planeta”. Destacou o trabalho levado a cabo em importantes programas de cooperação para a investigação cientifica naquela área por diversos cientistas portugueses. O eurodeputado, que é especialista em biodiversidade e conservação de ecossistemas oceânicos, salientou como exemplo o trabalho de “José Xavier, investigador do IMAR – Instituto do Mar, que em 2011 foi distinguido com um dos mais prestigiados prémios para a ciência Polar, um “Martha T. Muse Prize para a ciência e política na Antártida”, atribuído pela Tinker Foundation durante a 3ª Conferencia Mundial para a Biodiversidade Marinha”.

Para o eurodeputado este “encontro entre o Este e o Oeste, o Norte e o Sul desempenhará um papel importante no reforço da cooperação Europeia e Transatlântica”. Sendo expetável que os seus efeitos se façam sentir na cooperação para a ciência e educação na União Europeia atraindo a juventude europeia e a comunidade cientifica”.

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Deixe um comentário