Ir para site do PS/Açores
Ricardo SERRAO SANTOS

Esta segunda-feira, na sessão plenária do Parlamento Europeu, reunido em Estrasburgo, num debate acerca do impacto na Agricultura Europeia do embargo da Federação russa aos produtos agrícolas e alimentares da União Europeia, Ricardo Serrão Santos, chamou a atenção do Comissário Europeu da Agricultura, Dacian Cioloş, para os possíveis impactos do embargo russo no preço do leite na totalidade do território europeu.

Para o eurodeputado socialista “as medidas de intervenção para o sector do leite, recentemente aprovadas para fazer face ao embargo russo, são obviamente bem-vindas, mas podem não ser suficientes. Não há dúvida de que este é um problema europeu e a repercussão em toda a Europa não tardará a fazer-se sentir com efeitos negativos sobre o preço pago ao produtor. E, a ser o caso, as medidas até agora aprovadas não serão suficientes”.

Colocando, novamente, a questão açoriana na agenda, o eurodeputado do PS/Açores, explicou “que a produção de leite da Região representa 30 por cento da produção nacional e, por esta razão e por ser uma região ultraperiférica, o sector corre riscos de vir a sofrer com este embargo”. Sabendo-se que em 2015 será desmantelado o atual regime de quotas leiteiras cujos efeitos se poderão fazer sentir em simultâneo com os do embargo russo, o eurodeputado apelou aos responsáveis políticos europeus para que “não desperdicem esta oportunidade para questionar sem preconceitos o efeito do fim das quotas leiteiras e as consequências que a falta de um mecanismo eficaz de regulação dos mercados trará para os produtores leite na Europa” sublinhou, ainda, que “não prosseguir com uma reflexão séria e célere sobre a adequada regulação para o mercado do leite é uma opção política, que terá consequências claras. Não poderemos demitir-nos dessa responsabilidade no futuro”.

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Deixe um comentário